Habituado a nadar nas águas de Santa Cruz, na Califórnia, um surfista americano não quis acreditar no estranho achado feito junto a umas rochas da praia, de difícil acesso. Resultado: tirou uma fotografia e divulgou-a nas redes sociais, gerando-se um burburinho em torno do misterioso fóssil.



A descoberta terá sido feita na quinta-feira, durante uma maré particularmente baixa e o surfista pensou tratar-se, inicialmente, de um esqueleto de dinossauro.

Contactado pelo ‘The Huffington Post', o director do Instituto de Ciências Marítimas da Universidade da Califórnia, Gary Griggs, explicou que, atendendo à fotografia, a ossada deve pertencer a uma baleia da era cenozóica, com cerca de 3,5 milhões de anos.

cm