Auto-estrada cortada cerca de oito horas, mais de cem porcos mortos e ferimentos graves no motorista do camião de transporte de animais que capotou, ao início da madrugada de ontem, na A1, entre os nós de Albergaria e Aveiro Sul.



O cansaço do motorista espanhol José Manuel Segade terá estado na origem do acidente que ocorreu cerca das 00h50 e obrigou ao corte do trânsito entre os dois nós da A1, no sentido Norte / Sul.

José Manuel terá adormecido e deixou o pesado desviar para a valeta, capotando de seguida. O motorista sofreu fracturas na clavícula e num braço. Quando os bombeiros de Albergaria-a-Velha chegaram para o socorrer, o homem encontrava-se em choque.

Centenas de suínos começaram a fugir das jaulas da galera e, em poucos minutos, ficou instalado o caos na auto-estrada.

Mais de cem suínos fica-ram presos no camião tombado e acabaram por morrer.

A situação obrigou à intervenção do veterinário municipal e ao atraso nos trabalhos para remoção do camião e limpeza da via, que só ficou totalmente desimpedida ao início da noite, segundo a GNR de Aveiro. Os animais mortos foram transportados para o matadouro de Aveiro.

cm