Um incêndio que deflagrou na biblioteca da EB 1 de Leça da Palmeira, em Matosinhos, ontem às 13h15, obrigou a retirar 200 alunos e 15 adultos do edifício. Na origem do fogo, que consumiu parte da divisão e danificou o edifício devido ao fumo, esteve um curto-circuito. Ninguém ficou ferido.





"As crianças estavam a almoçar, no piso de baixo, e outras no recreio. Uma das funcionárias foi ao 1º andar, viu o fumo e avisou as colegas. Mandaram sair as crianças e avisaram os bombeiros", disse o director do Agrupamento de Escolas de Leça da Palmeira/ /Santa Cruz do Bispo, Jorge Sequeira.

A causa terá sido um curto-circuito no cantinho de leitura da biblioteca, onde estavam bancos, sofás e material inflamável. As crianças, entre 3 e 9 anos, do pré-escolar e da primária, 13 funcionários e dois professores saíram ordeiramente do edifício. "Costumamos fazer um exercício destes em cada período. Os alunos ficaram no recreio até que os pais os fossem buscar. Até sexta-feira [amanhã] sete turmas, ou seja 170 alunos, vão ter aulas na escola 7 de Leça da Palmeira.

A escola ficou aberta à noite, para sair o fumo, com a presença da Polícia Municipal. O fogo foi extinto pelos Bombeiros de Matosinhos/Leça meia hora depois.

cm