Resultados dizem respeito aos utilizadores das redes sociais que participaram na amostra. Estudo da Marktest demonstra o comportamento dos Portugueses nas redes sociais

Muitos dos estudos e pesquisas que aqui demonstramos no Pplware, acerca das redes sociais e do Facebook, dizem respeito ao comportamento dos utilizadores destas plataformas no geral.

No entanto, e apesar de também nos identificarmos com muitos desses resultados, será interessante verificarmos, na realidade, qual o comportamento dos portugueses nas redes sociais.

Para o efeito, o grupo Marktest levou a cabo o estudo d’ Os Portugueses e as Redes Sociais onde, entre outros resultados, se chegou à conclusão que 95% dos Portugueses que usam redes sociais, têm conta no Facebook.



As redes sociais são hoje um meio de comunicação muito utilizado por todos nós (na maioria), mas também um espaço utilizado pelas empresas e marcas para a promoção dos seus produtos e serviços.

De forma a determinar qual o comportamento dos Portugueses nas Redes Sociais, o grupo Marktest tem realizado vários estudos de mercado, intitulado, “Os Portugueses e as Redes Sociais”.

O estudo procura conhecer hábitos dos utilizadores das redes sociais, os sites que conhecem e que utilizam, quais as funcionalidades que mais valorizam, a frequência com que acedem aos sites e que informação publicam nos mesmos, tal como o tempo que lhes dedicam e com que equipamentos lhes acedem.

O estudo aprofunda ainda a relação existente entre os portugueses e as marcas/empresas que se encontram presentes nas redes sociais, determinado as motivações, interacções, opinião, etc.

Como este é um estudo muito completo, o grupo Marktest disponibiliza apenas alguns resultados, nomeadamente os mais significativos para os utilizadores no geral.

Assim sendo, este estudo concluiu que, DOS UTILIZADORES DE REDES SOCIAIS:
•95% tem conta no Facebook
•52% tem conta no MSN/Windows Live
•39% abandonou uma rede social no último ano
•15% visita sites de redes sociais assim que acorda
•24% acha que dedica demasiado tempo a sites de redes sociais
•As fotos são o tipo de conteúdo mais partilhado
•62% segue marcas nas redes sociais
•A presença das empresas e marcas nas redes sociais é entendida como muito importante

Ainda sobre os resultados, este estudo concluiu que o Facebook é, sem dúvida alguma a rede social mais acedida em Portugal, sendo o Twitter aquela que tem menos utilizadores



Nos ultimos 12 meses, 60.9% dos utilizadores indica que não deixou de utilizar nenhuma rede social, ao contrário de 39.1% que afirma ter deixado.

Relativamente às funções das redes sociais, os utilizadores afirmam que estes serviços são utilizados essencialmente para Enviar/Receber mensagens, utilizar o chat e para comentar publicações de amigos.

Este estudo foi conseguido através de 826 entrevistas a individuos com idades compreendidas entre 15 e 64 anos, residentes em Portugal Continental e utilizadores das redes sociais. A recolha de informação foi realizada em Setembro de 2012.

pplware