As pressões de Mário Lino a Ana Paula Vitorino, no sentido de ajudar as empresas de Godinho e de demitir o presidente da Refer, passaram ao lado de dirigentes do PS e membros do último governo socialista. Segundo Teixeira dos Santos, ex-ministro das Finanças, e Almeida Santos, presidente honorário do PS, as divergências entre o ex-titular das Obras Públicas e a antiga secretária de Estado dos Transportes nunca foram comentadas.



Apesar de Ana Paula Vitorino confirmar que foi pressionada e que Armando Vara ficou feliz com uma vitória judicial da O2 contra a Refer, Almeida Santos e Teixeira dos Santos garantiram ontem, no Tribunal de Aveiro, nada saber. No julgamento do caso ‘Face Oculta’ – em que ambos testemunharam a favor de Armando Vara –, o histórico do PS chegou mesmo a afirmar que, apesar de ser "amigo pessoal" da ex-secretária de Estado, ela nunca se lamentou. Santos Ferreira, ex--presidente da Caixa Geral de Depósitos e do BCP, também depôs ontem. O gestor, que exerceu funções quando Vara era ‘vice’ do BCP, admitiu de forma natural que este "fazia as coisas acontecerem" e tinha uma "rede de contactos" que não hesitava em usar para ajudar os amigos. "Se bem o conheço, imagino-o a fazer os telefonemas que vejo na comunicação social. Ele é mais que um especulador intelectual", disse Santos Ferreira.

RECEBEU CAIXAS DE ROBALOS

A filha de Armando Vara, que também testemunhou ontem, confirmou ao colectivo de juízes que o pai recebeu robalos, oferecidos por Manuel Godinho. Bárbara Vara relatou em tribunal um almoço entre os três em Vinhais, terra natal do ex-ministro. A testemunha, que trabalha com o agente Jorge Mendes na GestiFute, garantiu que o pai não convidou o sucateiro para almoçar. "Mas ele apareceu e acabou por comer. Esteve connosco, em casa dos meus avós, cerca de duas horas e foi embora", disse Bárbara. Porém, antes de sair de Trás-os-Montes, o sucateiro de Ovar deixou uma caixa com peixe para o antigo vice-presidente do BCP. Bárbara explicou também que essa foi a única vez em que esteve com Manuel Godinho.

cm