Onze restaurantes portugueses foram distinguidos na edição de 2013 do Guia Michelin, depois de dois espaços terem perdido a estrela e de o Belcanto, em Lisboa, ter sido seleccionado pela primeira vez.



A edição de 2013 do Guia Michelin Espanha e Portugal foi esta quinta-feira apresentada na capital espanhola, Madrid. Os premiados foram anunciados pelo director do Guia Michelin mundial, Michael Ellis, e pela directora do guia de Espanha e Portugal, Mayte Carreño.

À semelhança da edição de 2012, o Guia Michelin Espanha e Portugal do próximo ano volta a destacar com duas estrelas ("mesa excelente, merece o desvio") o restaurante Ocean, 'comandado' por Hans Neuner em Lagoa, e o Vila Joya, chefiado por Dieter Koschina, em Albufeira.

Em 2013, seis estabelecimentos mantêm a estrela Michelin ("muito bom na sua categoria") que já este ano tinha visto ser renovada: Willie's (Vilamoura), São Gabriel e Henrique Reis (ambos em Almancil), Il Gallo d'Oro (Funchal), Casa da Calçada (Amarante) e Fortaleza do Guincho (Cascais).

Os restaurantes The Yeatman, do chefe Ricardo Costa, em Vila Nova de Gaia, e Feitoria, chefiado por José Cordeiro, em Lisboa, renovam a estrela Michelin que receberam em 2012.

Na edição do próximo ano, o restaurante Belcanto, em Lisboa, liderado pelo chefe José Avillez, é destacado pela primeira vez com uma estrela Michelin.

No entanto, o guia de 2013 retira o destaque de uma estrela aos restaurantes Arcadas da Capela, em Coimbra, e Tavares, do chefe Aimé Barroyer, em Lisboa.

Em Espanha, o Guia Michelin atribuiu estrelas a um total de 159 restaurantes: destacou sete com três estrelas (duas delas novas), 19 com duas estrelas (dois espaços também pela primeira vez) e 133 com uma estrela.

Em 2014 mais cinco restaurantes podem ser premiados com uma estrela Michelin, segundo o guia para o próximo ano, que os nomeia "mesas 2013 com possibilidades de estrela".

cm