Alinha de incentivos à formação profissional para as empresas privadas, no âmbito do Programa Operacional Potencial Humano (POPH), foi extinta, sem que a verba tivesse sido usada na totalidade, apurou o CM.



A extinção apanhou de surpresa milhares de empresas beneficiárias pelo país, centenas de entidades que se dedicam exclusivamente à área da formação e milhares de formadores que poderão ficar de-sempregados.

A informação dada às empresas foi de que este programa de incentivos teria passado para o programa Compete, mas a informação foi desmentida pelas autoridades.

O CM procurou explicações junto do Ministério da Economia mas mas, até à hora de fecho desta edição, não obteve qualquer resposta.

cm