Um almoço fornecido num agrupamento escolar de Alenquer provocou a intoxicação de 79 crianças, esta sexta-feira, num universo de 440 que comeram aquela refeição escolar, confecionada pela empresa Narest.

Enquanto que 57 menores desidratados deram entrada no Hospital Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira, ao fim da tarde, outros 22 foram socorridos numa unidade móvel do INEM na localidade de Pocariça.

Ao JN, o presidente da Câmara, Jorge Riso, adiantou que os sintomas somente foram sentidos nas escolas das aldeias da Pocariça, Labrugeira e Olhalvo, e numa de Alenquer (Cheganças).

"Há uma nova empresa a fornecer as refeições aos estabelecimentos, em regime de experiência. Espero que rapidamente um inquérito permita apurar as causas", garantiu. A empresa cobra por cada refeição 1,34 euros, em vez dos 2,92 anteriores. Ontem, o menu do almoço foi alterado à última da hora, tendo sido servido outro tipo de carne




J/N