Um casal de idosos foi ontem sequestrado e assaltado na sua residência, na zona isolada de Poço Geraldo, no concelho de Loulé, por três homens encapuzados. O homem foi agredido na cabeça com um bastão de madeira e teve de receber assistência médica. Os ladrões fugiram com dinheiro, jóias e o automóvel das vítimas.



O casal de ingleses, de 68 e 69 anos, viveu 15 minutos de terror ao início da madrugada de ontem. Esse foi o tempo em que ficaram sequestrados em casa, enquanto durou o assalto. Foi por volta da 01h30 que três homens, encapuzados, arrombaram a porta principal e entraram na vivenda, situada numa zona da serra algarvia onde existem poucas habitações.

O barulho que os assaltantes fizeram, a rebentar com a porta, acordou de rompante o casal, que se encontrava a dormir. O homem levantou-se, desceu as escadas e encontrou os ladrões, sendo de imediato agredido na cabeça com um bastão de madeira. Segundo fonte do comando da GNR de Faro, a arma era o cabo de madeira de um machado, que tinha sido encontrado, pelos assaltantes, no carro do casal, estacionado no terreno da vivenda.

Após agredirem o homem, que ficou ferido mas consciente, os três ladrões imobilizaram as vítimas e avançaram para uma busca à moradia. Além de cartões de crédito, "pouco dinheiro" e documentos pessoais, os encapuzados levaram ainda jóias de ouro e uma mala de viagem, para além do veículo usado na fuga – um jipe Honda CRV, explicou ainda a fonte do Comando da Guarda.

Depois dos assaltantes abandonarem a moradia, os ingleses chamaram a GNR. O homem foi assistido ao ferimento na cabeça por uma equipa do INEM, mas recusou ser transportado ao Hospital de Faro.

O núcleo de investigação criminal da GNR de Loulé está a investigar o caso.

cm