"Em vossa defesa, dê um murro na mesa" e "Até que a morte nos separe" são os motes de duas campanhas contra a violência doméstica, do Governo e da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, respectivamente.



A primeira alerta para os efeitos negativos nas crianças que assistem à violência contra as mães, enquanto os retratos de noivas apelam para que o ciclo de violência seja quebrado. O Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres celebra-se amanhã. Este ano, já foram mortas 33 mulheres, vítimas de violência doméstica, mais seis do que em 2011 .

cm