No primeiro incidente desde o início do cessar-fogo entre o Hamas e Israel – quarta-feira –, um palestiniano foi ontem morto e 25 ficaram feridos quando o Exército israelita abriu fogo junto à fronteira. O Hamas acusou Telavive de violação das tréguas.



O tiroteio aconteceu quando agricultores palestinianos tentavam deslocar-se para as suas terras junto à fronteira, numa zona declarada interdita por Israel.

Face à actual tensão na região, o Governo português fez saber mantém contactos com cidadãos lusos que vivem em Israel e em Gaza, alertando-os para a actual situação.

cm