O político chinês Lei Zheng Fu demitiu-se, esta sexta-feira, depois de um escândalo sexual.



O membro do Partido Comunista viu uma filmagem de uma relação sexual com a amante ser descarregada na internet. Pior: foi parar ao popular site Weibo.

Depois de ter argumentado que o vídeo era falso e que não se tratava dele, Lei Zheng Fu viu agora uma investigação interna ter provado a sua identidade nesta filmagem de 2007.

O chefe do partido em Chongqing não é o primeiro a sair na sequência deste tipo de escândalo. Já Bo Xilai foi expulso por corrupção e sexo com várias mulheres.

cm