PayPal já perdeu 4,7 milhões de euros com ataques do Anonymous

Envolvido na retaliação à Wikileaks, membros do grupo Anonymous já provocaram perdas no total de 4,7 milhões de euros à PayPal.
Os ataques à PayPal por parte do Anonymous ocorreram entre Agosto de 2010 e Janeiro de 2011, e decorre agora um processo judicial.
Segundo a BBC, na acusação estão também envolvidos outros grupos como a MasterCard, a Visa, a British Recorded Music Industry, a Federação Internacional da Indústria Fonográfica, bem como a editora e promotora de eventos musicais Ministry of Sound.
No processo judicial que decorre estão envolvidos quatro elementos do grupo com idades entre os 18 e os 27 anos, todos acusados de participar nos ataques e que são descritos como «hackers que usaram a Internet para atacar e incapacitar sistemas de computadores - coloquialmente descritos como ciber-ataques ou vândalos».

Fonte: SOL