A mulher e a pequena filha de Ricardo Rodrigues esperavam pela passagem do homem de 35 anos para tirarem uma foto, na prova ‘três horas resistência BTT Pigeiros’, em Santa Maria da Feira, mas a tragédia aconteceu momentos antes. A 40 minutos de terminar a prova, Ricardo Alexandre Santos Rodrigues caiu inanimado à frente de outro participante e morreu.



Tudo aconteceu pelas 11h30 de ontem, a escassos metros de casa de Ricardo Rodrigues, na Freguesia de Milheirós de Poiares, na Feira. Os momentos que se seguiram à queda foram dramáticos. Bombeiros de Arrifana e a equipa da VMER do Hospital de Santa Maria da Feira tudo tentaram, mas os esforços foram infrutíferos.

"Não tivemos coragem para lhes contar [mulher e filha, de quatro anos] e dissemos que sofreu um ferimento no joelho e foi ao hospital", contou, emocionado Pedro Sousa, da organização do evento. "Não percebemos o que aconteceu. Ele caiu de repente", acrescentou Pedro.

A prova foi, imediatamente, interrompida. "Não havia condições psicológicas para prosseguir", explicou o responsável da competição, que visava à angariação de fundos para a Associação Padre Osório.

Familiares e amigos ficaram em choque com a morte súbita de Ricardo. "Não vou esquecer nunca o seu sorriso e as brincadeiras", disse Carla, irmã da vítima. "Ele vivia para a família e para o trabalho [era serralheiro] e adorava BTT", acrescentou. Ricardo deixa duas filhas, de quatro anos e de quatro meses.

cm