Foi em pleno dia, por volta das 12h50 de ontem, que foram disparados três tiros de caçadeira em frente ao bar de alterne Cavalo Branco que tinha sido fechado pelas autoridades na passada quinta-feira. Os tiros atingiram um carro estacionado, no Lugar de Argila , em Vila Flor, Mirandela. Os atiradores, que não provocaram qualquer vítima, não foram identificados.



Tudo aconteceu em frente ao estabelecimento que já esteve envolvido em vários escândalos. Em 2006, a GNR deteve o proprietário do bar e 12 mulheres em situação ilegal. No mesmo bar e sensivelmente pela mesma altura, um homem também foi baleado. Outros incidentes terão sido registados, levando agora a que o estabelecimento fosse encerrado.

Entretanto, ao que o Correio da Manhã apurou, na origem dos disparos poderá estar um ajuste de contas. As autoridades investigam diversas pistas. A PJ também esteve no local. O CM tentou, sem êxito, contactar o dono do bar.

cm