Onze restaurantes portugueses arrecadaram as cobiçadas estrelas do Guia Michelin de 2013. Cinco situam-se no Algarve, três na grande Lisboa, dois no Norte e um no Funchal. No entanto, apenas quatro são liderados por chefes nacionais.



O maior destaque vai para José Avillez, que consegue a primeira estrela para o seu Belcanto, em Lisboa, depois de ter sido premiado com distinção idêntica em 2011, no Tavares, que perdeu agora o galardão.

"Não foi uma surpresa total, já tínhamos alguma esperança. Nada é feito só por mim, sou a locomotiva do comboio", disse ao CM, partilhando o prémio com a equipa de 22 pessoas do Belcanto. O chefe de 33 anos espera que o prémio leve a "um crescimento no número de clientes, sobretudo estrangeiros". Horta da galinha dos Ovos de Ouro ou Mergulho no Mar são alguns dos pratos emblemáticos da casa, onde o preço médio é de 40 euros ao almoço e 75 ao jantar.

Os outros portugueses galardoados foram Ricardo Costa, (The Yeatman), José Cordeiro (Feitoria) e Vítor Matos (Largo do Paço). Ninguém conseguiu o prémio máximo de três estrelas, mas o Ocean (Lagoa) e o Vila Joya (Albufeira) mantiveram duas.

cm