Pelo menos 14 pessoas morreram nesta segunda-feira num incêndio num atelier onde trabalham deficientes na localidade alemã de Titisee-Neutstadt, no sul do país, informou a polícia citada pelos 'media' locais.





O incêndio deflagrou às 14h00 locais (13h00 em Lisboa) num edifício onde funciona um atelier da Caritas que emprega deficientes físicos e mentais e provocou pelo menos 14 mortos e sete feridos, de acordo com a polícia.

As causas do incêndio ainda não são conhecidas.

cm