Violentamente agredido com um ferro, arrastado até ao escritório e amarrado a uma cadeira com fita-cola, o empresário de 63 anos ficou à mercê dos dois assaltantes, anteontem à noite, num armazém de produtos químicos, em Odivelas. Foi depois obrigado a entregar o código do cofre, de onde a dupla levou todo o dinheiro.



O assalto ocorreu três horas após o encerramento da empresa de produtos químicos JMGS, na avenida Heróis de Chaimite. Apenas o proprietário, José Santos, se encontrava no interior e os ladrões esperaram pacientemente para o atacarem. Quando este se preparava para fechar o portão, às 21h40, a dupla desferiu uma pancada com uma barra de ferro, deixando o empresário atordoado.

Arrastaram-no até ao escritório – a cerca de dez metros da entrada –, onde o amarraram com fita-cola e corda a uma cadeira. Agrediram-no com socos e pontapés e, através de ameaças de morte, obrigaram-no a dar o código do cofre da sua empresa. Levaram dinheiro e cheques e ainda a carteira de José Santos.

Pouco depois, o empresário conseguiu pedir socorro. Foi então transportado pelos Bombeiros de Odivelas para o Hospital Cuf Infante Santo, em Lisboa, onde ontem à noite se mantinha estável.

cm