A taxa de desemprego em Portugal disparou para os 16,3 por cento no mês de outubro, revelou esta sexta-feira o Eurostat.

De acordo com uma estimativa rápida do gabinete de estatísticas europeu, a taxa de desemprego em Portugal voltou a aumentar em outubro, uma subida de 0,1 por cento face ao mês anterior.

Isto porque o Eurostat também reviu em alta as previsões avançadas para o mês de setembro - a taxa de desemprego nesse mês situou-se nos 16,2 por cento e não nos 15,7 por cento avançados nas primeiras estimativas.

Portugal registou uma das maiores subidas de taxa de desemprego da zona euro em termos homólogos, passando dos 13,7 por cento de outubro de 2011 para 16,3 por cento em outubro de 2012.

Com esta taxa, Portugal situa-se entre os países da moeda única com a taxa de desemprego mais elevada, surgindo apenas atrás de Espanha (26,2 por cento) e da Grécia (25,4 por cento, valor referente a agosto).



lusa