O exército terá bombardeado aldeias ao longo da estrada entre Damasco e o aeroporto
Síria: Violentos combates entre soldados e rebeldes fazem dois mortos


Violentos combates opuseram soldados e rebeldes na madrugada desta sexta-feira em torno do aeroporto de Damasco, na Síria. Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, duas pessoas foram mortas num autocarro que transportava empregados do aeroporto e o exército bombardeou aldeias ao longo da estrada entre Damasco e o aeroporto, localizado a 27 quilómetros a sudeste da capital.

Apesar do incidente, o tráfego aéreo estava às primeiras horas desta sexta-feira normal e o embarque de passageiros decorria sem incidentes.

Na noite de quinta-feira, o ministério de Informação citado pela televisão oficial, tinha afirmado que a estrada do aeroporto, fechada desde quinta-feira de manhã devido a violências, tornou-se "segura" à noite graças à intervenção das "forças competentes".

Os comités de coordenação locais, que coordenam a contestação no terreno, afirmaram que houve combates em torno da pista oeste do aeroporto e que os rebeldes tinham bombardeado uma caserna militar em Haran al-Aoumid, encarregada de proteger o aeroporto, e assumido o controlo de uma pequena parte do aeroporto.

Na quinta-feira, 108 pessoas - 41 soldados, 47 civis e 20 rebeldes - morreram em todo o país, segundo o OSDH, uma organização com sede no Reino Unido e a informação que anuncia é recolhida através de uma rede de militantes e de fontes médicas civis e militares.

C.da manha