Uma jovem de 25 anos, que estava prestes a suicidar- -se, foi salva por uma patrulha do destacamento de Trânsito da GNR de Viseu, constituída pelos guardas Leonel Pinto e Daniel Martins, que ia a passar no momento e evitou a tragédia. O acto heróico aconteceu ontem, pelas 15h00, numa ponte da A24, em Calde.



patrulha seguia no sentido Viseu-Vila Real, quando viu uma viatura parada na ponte. "Os militares aproximaram-se da senhora, sem que ela se apercebesse, e no momento em que ia saltar da ponte, um dos guardas agarrou-a e impediu o suicídio", explicou ao CM o tenente Hugo Campos, comandante do destacamento de Trânsito da GNR de Viseu.

O guarda Leonel Pinto foi quem deitou as mãos à jovem, impedindo que se atirasse para as águas frias do rio Vouga. "Aproximei-me com cautela e segurei-a por um braço", contou o militar ao CM, adiantando que ao despedir-se da jovem ela lhe deu um abraço e agra-deceu-lhe por ter "evitado uma desgraça".

A jovem é casada, natural de Castro Daire e sofre de crises de ansiedade, sendo acompanhada por um psiquiatra. Tinha uma carta em que se despedia da vida e agradecia ao "bom marido" por tê-la sempre ajudado.

cm