Trezentos polícias do Comando de Lisboa da PSP são credores da Câmara de Cascais em cerca de 12 mil euros. A verba diz respeito ao policiamento do desfile de motos Harley Davidson, realizado a 16 de Junho deste ano.

A presença de milhares de pessoas de toda a Europa levou a câmara a solicitar o policiamento gratificado. Cada um dos 300 polícias tem a receber 40 euros pelo trabalho, o que perfaz 12 mil euros.

Fonte oficial da Câmara de Cascais confirma que o pagamento ainda não foi efectuado, mas reconhece apenas dever cerca de mil euros. Peixoto Rodrigues, presidente do Sindicato Unificado da PSP, culpa "mais os comandantes da PSP que autorizam estes serviços sem a salvaguarda do pagamento, conforme a lei obriga".

cm