A empresa que produz aglomerado de madeira entrou em negociações com os trabalhadores e sindicatos de trabalhadores, com vista uma encerrar a fábrica de aglomerados de partículas em Espanha.

A subsidiária detida indirectamente pela Sonae Indústria, Tableros Tradema, vai entrar em negociações com os trabalhadores e sindicatos para encerrar a fábrica de aglomerados de partículas que detém em Solsona, em Espanha, revelou a empresa em comunicado.

“Nesta unidade industrial de produção de aglomerado de partículas, trabalham actualmente 142 colaboradores, tendo a mesma uma capacidade de produção anual de 340.000 m3”, refere o comunicado publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A produção será concentrada noutra fábrica também em Espanha, em Linares.

“Esta decisão é tomada no seguimento da forte crise e na consequente queda na procura que se tem sentido, nos últimos anos, no sector da construção”, conclui o comunicado.

A Sonae Indústria apresentou os resultados dos primeiros nove meses do ano no passado dia 16 de Novembro, com os prejuízos a aumentarem 28% para 69 milhões de euros. No comunicado dos resultados, Belmiro de Azevedo referiu “que é difícil o percurso para alcançar a sustentabilidade de longo prazo da empresa” e adiantou que iria continuar a procurar oportunidades de venda de activos não estratégicos.


Fonte: Jornal de Negócios