O prazo para reclamar um prémio do Euromilhões de quase 64 milhões de libras (78,6 milhões de euros) termina, esta quarta-feira às 23.00 horas, após seis meses desde o sorteio que atribuiu a chave vencedora a um boletim no Reino Unido.
O prémio está por reclamar desde o sorteio a 8 de junho, quando a National Lottery, entidade que gere o jogo no Reino Unido, identificou o boletim como vencedor do primeiro prémio por ter acertado nos cinco números (05-11-22-34-40) e nas duas estrelas (09-11).

O boletim vencedor foi registado em Stevenage, 50 quilómetros a norte de Londres, por um felizardo desconhecido.

Nos últimos meses foi feita publicidade em carrinhas na região de Hertfordshire, afixados cartazes, incluindo no aeroporto próximo de Luton, na eventualidade de o vencedor ter sido um viajante, e até proclamado um anúncio sonoro a partir de um Lamborghini, na tentativa de chamar a atenção.

No caso de não serem reclamadas, as 63.837.543,6 libras (78.442.296,82 euros) serão o prémio mais elevado não reclamado e reverterão para um programa de boas causas da National Lottery.



J/N