"Vou processar a RTP. Não me pediram autorização para passar as imagens, nem eu estava em condições para assinar fosse o que fosse. O que me fizeram foi uma pulhice. Mostraram falta de carácter para uma figura pública que deu tanto ao desporto português", disse, ao CM, Hilário da Conceição, sobre o programa da RTP ‘U24’ (urgências), emitido na madrugada de ontem.

As imagens mostram o Magriço deitado num passeio molhado, a ser recolhido por técnicos do INEM, que lhe perguntam o nome. "Hilário", respondeu. Ninguém o reconheceu. Já na ambulância que o levou para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, as imagens mostram um documento que o identifica como ligado ao Sporting, levando um técnico do INEM a dizer: "Já viu, um benfiquista a tratar de um sportinguista?" Com a voz trémula, Hilário disse: "O Sporting é que é."

Fonte da produção do programa assegurou ao CM que foram "cumpridas todas as regras". "Há uma declaração assinada por Hilário a autorizar a exibição das imagens, recolhidas há cerca de dois anos", vincou. Entretanto, a RTP retirou do seu site a edição do ‘U24' em causa, após ter recebido contactos a mostrar desconforto com as imagens exibidas de Hilário.

cm