Uma mulher de 33 anos foi encontrada morta, amarrada e fechada na despensa do apartamento onde vivia em Alverca do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira, disse fonte policial à Lusa.

"Recebemos um telefonema por volta das 12h00 de um homem que não se identificou, a informar de que numa morada que nos facultou estava uma pessoa já cadáver. Quando chegámos ao local confirmamos o cenário macabro. Tudo aponta para que se trate de um homicídio", explicou a mesma fonte.

Apesar de a chamada ter sido anónima, a fonte policial acrescentou que a PSP ficou com o do número do telemóvel de onde o telefonema foi feito, que servirá de orientação e de ponto de partida para a investigação que ficou entregue à Polícia Judiciária, que se deslocou ao local.

"Pela nossa experiência, por norma, o autor do crime liga a outra pessoa a contar o que fez. Por isso, quem fez a chamada, poderá ter sido um amigo ou outra pessoa, e não o presumível autor", esclareceu a mesma fonte à Lusa.

A mulher, natural do Brasil e formada em Jornalismo, vivia num apartamento na zona do Bom Sucesso, em Alverca do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira.

O corpo da vítima foi transportado pelos bombeiros para a morgue do Hospital de Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira.

cm