Um homem foi anteontem à noite esfaqueado no braço e nas costas quando estacionava o carro à porta de casa, na Estrada de São Bernardo, em Aveiro. O agressor não roubou qualquer bem e fugiu a pé. "Foram apenas alguns segundos, mas foram os segundos mais assustadores de toda a minha vida", contou ao Correio da Manhã a vítima, Volodimir Skulky, de 24 anos, de nacionalidade ucraniana.

"Estava a estacionar o carro e, de repente, entrou um rapaz com uma faca e com a cara tapada. Eu tentei desapertar o cinto para poder fugir e, nesse momento, ele espetou--me a faca no braço e nas costas. Depois fugiu a pé, nem me pediu dinheiro nem disse nada", relatou Volodimir.

No prédio onde mora a vítima, os vizinhos afirmam que o agressor já tinha estado nas úl-timas duas noites à porta da casa. "Na quinta-feira estava a entrar no prédio e vi esse rapaz. Até tive medo que me fosse assaltar", contou uma moradora.

A vítima foi entretanto transportada pelos Bombeiros Velhos para o Hospital de Aveiro, de onde teve alta algumas horas depois. A PSP de Aveiro esteve no local e está a investigar o caso. Para já, o agressor ainda não foi localizado.

cm