Dois dos principais acessos ao Porto estiveram congestionados na sequência de dois choques em cadeia, ocorridos ao início da tarde de ontem, um deles na Via de Cintura Interna, junto à Avenida AEP, e outro no túnel de Águas Santas na A4, em Ermesinde. No total, quatro pessoas tiveram de ser assistidas pelos bombeiros e levadas ao hospital.

A tarde de sábado começou de forma caótica para quem viajava na VCI no sentido Freixo-Arrábida. O primeiro alerta chegou pelas 14h00 e dava conta de um embate envolvendo cinco carros. De imediato, formaram-se longas filas nas três faixas da via, junto à saída para a zona industrial do Porto. O trânsito só começou a fluir com normalidade algumas horas depois, com a intervenção da Divisão de Trânsito da PSP.

Uma jovem de 17 anos, que seguia no último veículo envolvido, teve mesmo de ser levada ao hospital. O condutor foi assistido no local. "A rapariga estava assustada e queixava-se de dores muito fortes no peito. O primeiro carro travou e nenhum de nós conseguiu parar a tempo", contou ao Correio da Manhã Rosa Gomes, que estava no segundo veículo envolvido no acidente.

Já pelas 14h30, seis automóveis colidiram numa das zonas mais complicadas da A4. O acesso ao túnel de Águas Santas ficou completamente congestionado, e quem circulava no sentido Vila Real-Porto ficou durante longas horas parado. Houve dois feridos transportados ao hospital. No local, estiveram os destacamentos de trânsito da GNR da Maia e do Porto

cm