Um britânico emprestou os destroços do Vauxhall Corsa em que a sua filha de 23 anos morreu, num acidente ocorrido em Novembro, para ser utilizado pela polícia do condado de Hampshire numa campanha de prevenção da condução sob o efeito do álcool.

Os restos retorcidos do automóvel, idêntico ao Opel Corsa, têm sido exibidos junto a bares e discotecas no âmbito da campanha 'Don't Get Smashed' - um trocadilho, pois "smashed" tanto pode querer dizer 'embriagado' quanto, mais literalmente, 'esmagado' -, sendo transportados num reboque.

A sua condutora tinha 23 anos e estava a voltar para casa, após uma saída nocturna, quando embateu numa carrinha e acabou por despistar-se, tendo morte imediata.

A autópsia revelou que tinha quatro vezes mais do que o limite legal de álcool no sangue em vigor no Reino Unido.

cm