É caso para dizer: Richard Stallman, o “padre” do software livre, volta a atacar. Desta vez o alvo é a mais famosa distribuição de Linux, o Ubuntu. Em causa está um conjunto de mudanças na distribuição que afectaram o mundo do software livre.

Sem Stallman não haveria Linux: ele é o fundador da Free Software Foundation e a mente que desenvolveu o sistema operativo GNU (mais tarde GNU/Linux). É um activista do software livre, tal como foi já explicado .



pw