Quando a menina de nove anos chegou a casa em Odivelas, no domingo à tarde, não escondeu aos pais o que se passara. Tinha sido violada. E o principal suspeito é o seu irmão adoptivo, já adulto.

A notícia deixou os pais da vítima revoltados. Alertaram logo a PSP, e a menina foi encaminhada para o Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, onde ficou internada até ontem de manhã.

A criança ficou em choque com os abusos de que foi alvo e está agora a ser acompanhada por psicólogos e técnicos da Segurança Social. Durante a noite, a menina fez vários exames e perícias, que confirmaram a violação, apurou o CM.

Terá sido a primeira vez que tal aconteceu, apesar de a menor frequentar várias vezes a casa do suspeito, na zona da Amadora. O agressor aproveitou-se da proximidade e da confiança da vítima para abusar desta. As agressões sexuais aconteceram cerca das 18h00, mas a cri-ança só se queixou quando chegou a casa, já perto das 21h00. A queixa foi apresentada numa esquadra da PSP da área de residência.

A polícia já tem o suspeito identificado, mas ainda não houve detenções. A investigação, que deverá entretanto transitar para a secção de crimes sexuais da Judiciária, prossegue.

cm