Um praticante de parapente, de nacionalidade alemã, morreu nesta segunda-feira na sequência de uma queda quando efectuava um voo na zona da Achada de Santo Antão, na freguesia do Arco da Calheta, Madeira, disse fonte dos bombeiros locais.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários da Calheta, João Alegria, o alemão, de 46 anos, "foi encontrado numa zona de difícil acesso, depois de alguns populares terem testemunhado a queda" do parapente.

A fonte adiantou que, "para a sua localização, foi necessário um outro praticante de parapente efectuar um voo de reconhecimento para avistar o acidentado".

João Alegria referiu que "o corpo foi resgatado ainda com sinais vitais, mas o praticante [de parapente] acabou por falecer".

Na operação de busca estiveram envolvidas uma dezena de bombeiros e uma equipa de resgate de montanha, apoiadas por duas viaturas, mencionou o responsável daquela corporação da zona oeste da ilha da Madeira, realçando que "o caso foi entregue às autoridades competentes e segue agora os trâmites legais".

cm