Governo acompanha dois portugueses retidos em navio

O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, disse nesta segunda-feira que o Governo está a apoiar dois portugueses retidos num navio de carga em Marselha e a acompanhar o repatriamento de outros três de um cruzeiro arrestado na Grécia.

"Em Marselha, no navio de carga temos dois portugueses que estão a ser apoiados pelo consulado com roupas, alimentos e água, mas não estão na disposição de vir para Portugal para não serem acusados de abandono do posto de trabalho, tendo em conta que têm salários em atraso", disse José Cesário à agência Lusa.

O titular da pasta da emigração adiantou que o Governo português teve conhecimento deste caso a 3 de Dezembro e está no momento em contacto com a Autoridade das Condições e Segurança no Trabalho e com o empresário no sentido de encontrar uma resposta para os dois portugueses.

Contactada pela Lusa, a empresa Naveiro-Transportes Marítimos, proprietária do navio de carga "MV Penafiel" com pavilhão de Portugal, afirmou que, neste momento, não tem declarações a fazer.

José Cesário disse ainda que outros seis portugueses retidos em dois navios de cruzeiro da empresa Classic International Cruises, em Marselha, já regressaram a Portugal com o apoio da empresa.

"Há na Grécia um barco onde estão três portugueses que deverão vir esta semana por meios próprios. E há um barco no Montenegro, mas tanto quanto me dizem não há nenhum português entre a tripulação", disse.

Quatro navios portugueses da Classic International Cruises (CIC) estão arrestados em portos europeus por dívidas.

cm