O Produto Interno Bruto (PIB) português em paridade do poder de compra ficou 22,6% abaixo da média da União Europeia em 2011, ano em que atingiu mínimos históricos, sendo Portugal o nono país mais pobre na lista dos 27.

Segundo dados ontem divulgados pelo gabinete de estatísticas europeu, Eurostat, a riqueza dos portugueses baixou de 80,3% da média dos seus parceiros europeus em 2010, para 77,4% no ano passado, sendo esta a maior queda desde 1996, último ano para o qual o Eurostat disponibiliza dados. A descida de três pontos percentuais colocou também Portugal num mínimo histórico, que apenas tinha sido atingido em 1995, 1996 e 2004.

Portugal ficou mesmo atrás da Grécia em termos de pobreza.Só em oito países da UE os cidadãos são em média mais pobres do que em Portugal: Eslováquia, Estónia, Lituânia, Hungria, Polónia, Letónia, Roménia e Bulgária, que ocupa o fim da lista com apenas 46% da média europeia.

Do lado oposto situa-se o Luxemburgo, que ocupava no ano passado a linha da frente em termos de riqueza europeia por habitante com 271%, quase três vezes a média da UE. Seguia-se a Holanda, com 131%, enquanto Espanha e Itália “estiveram na média”, segundo refere o Eurostat.

Portugal surge em 22º lugar na lista de um total de 36 países europeus divulgada e em 19º na UE.








dinheiro vivo