Cerca de seis meses depois da conquista do Campeonato do Mundo, Vicente del Bosque reconhece que a seleção espanhola teve «muita sorte» no jogo das meias-finais frente a Portugal, decidido através da marcação de grandes penalidades.

«Tenho consciência de que tivemos muita sorte. Nas grandes penalidades contra Portugal, o Bruno Alves atirou à barra e a bola foi para fora. O Fàbregas acertou na trave e a bola foi para dentro da baliza. O futebol é mesmo assim, mas o importante é não termos dúvidas sobre o trabalho que estamos a fazer», afirmou o técnico, em entrevista ao site da FIFA, admitindo que a derrota com a Suíça, na partida que marcou a estreia da Roja na competição, podia ter deitado tudo a perder: «Podíamos ter sido tomados por todas as dúvidas, mas mantivemo-nos fiéis ao nosso estilo».



abola