Sindicato dos Estivadores cancela greve nos portos

O Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul decidiu hoje terminar com a greve parcial que estava marcada até 7 de Janeiro, confirmou à Lusa o director da Associação-Empresa de Trabalho Portuário de Lisboa (A-ETPL).
A decisão do Sindicato dos Estivadores foi tomada numa assembleia-geral dos associados que decorreu esta manhã e tem efeitos a partir de sexta-feira.
“O sindicato teve hoje uma assembleia-geral de associados em que decidiram levantar a greve sem condições a partir de amanhã [sexta-feira]”, disse à Lusa o director da (A-ETPL), Caldas Simões.
Os estivadores estavam em sucessivas greves desde Setembro contra o novo regime do trabalho portuário, entretanto já aprovado na Assembleia da República.
Esta greve parcial abrangia os portos de Lisboa, Setúbal, Aveiro e Figueira da Foz.
Fontes do sindicato disseram à Lusa que está a ser preparado um comunicado para explicar “as motivações da suspensão do processo”.
O director da A-ETPL considera que a decisão tomada é “um passo positivo para a sobrevivência do porto de Lisboa” e que as entidades empregadoras estão disponíveis para “negociar a contratação colectiva”, um processo em que os estivadores deverão tentar compensar alguns dos aspectos que consideram mais lesivos da nova lei.
Ainda assim, afirmou o responsável, os operadores têm “dúvidas de que algumas linhas voltarão a Lisboa”, depois de devido à greve parte das cargas terem sido desviadas para os portos de Sines e Leixões.

Fonte: Lusa/SOL