O general norte-americano que comandou a coligação multinacional na primeira Guerra do Golfo, Norman Schwarzkopf, morreu na madrugada de ontem, aos 78 anos, em sua casa, na Florida.

Schwarzkopf, general de quatro estrelas, veterano da Guerra do Vietname e considerado um dos mais brilhantes estrategas da sua geração, construiu uma carreira de prestígio que culminou com a liderança da ‘Tempestade de Deserto’: à frente de mais de 700 mil homens de 34 países, pulverizou, em 1991, em 100 horas, a máquina de guerra de Saddam Hussein, que invadira o vizinho Koweit.

Regressou como herói e vaticinaram-lhe carreira política, mas o ‘Urso do Deserto’ (como ficou conhecido) dedicou-se apenas à análise militar. Casado, três filhos, conhecido pelo seu mau génio, foi o artífice da política da força para esmagar os conflitos defendida pelo ex--presidente George Bush, que, no leito do hospital, já lamentou a morte do general. *com agências

cm