Quando começa a época estival, "disparam" as queixas de furtos em veículos, em Óbidos. Julho e Agosto são meses "terríveis", queixam-se as vítimas.

Ao longo do ano, os assaltos não param, embora com menor intensidade. Ainda assim, a população sente-se segura. Américo Pereira, de 80 anos, carteiro reformado, admite que se "vêem poucos guardas" nas ruas, defendendo a construção de "um quartel da GNR fora das muralhas, para ter maior visibilidade".

Joana Santos, 35 anos, recepcionista, diz que "as pessoas facilitam o trabalho dos ladrões e deixam tudo à mostra nos carros". Essa é também a opinião da GNR, que aconselha os visitantes a terem mais cuidado.

Além dos furtos em veículos, Óbidos tem sido alvo de vários assaltos a bancos. O método utilizado para roubar o BES e o BPI, foi o mesmo: um buraco aberto na parede das traseiras, por entre arbustos, com recurso a uma maceta e compressor, permitiu a entrada nos edifícios. Foi retirado dinheiro do cofre e do multibanco. Na Caixa de Crédito Agrícola de Olho Marinho, dois homens encapuzados sequestraram o gerente e uma funcionária e levaram valores.

DISCURSO DIRECTO

"ÓBIDOS É UM CONCELHO MUITO SEGURO", Ana Vaz, comandante Destacamento da GNR

Correio da Manhã – Óbidos é um concelho seguro?

Ana Vaz – Sim, é muito seguro, apesar de ter um forte potencial turístico, com elevado fluxo de pessoas e veículos, o que lhe confere características especiais a que estamos atentos.

– Que tipo de crime motiva maior preocupação?

– O crime mais participado é o de furto em veículos.

– Que actuação faz a GNR?

– Passa por medidas proactivas, alertando os cidadãos para as medidas passivas de segurança, procedimento integrado em policiamento de proximidade.

– O que as pessoas devem fazer para evitar os crimes?

– Não devem deixar objectos à vista nos veículos. No local de estacionamento, devem verificar se existe alguém a controlar os seus movimentos. Procurem sempre dar preferência a locais bem iluminados, com boa visibilidade e onde possa ser mais eficiente o controlo social.

cm