A mulher mais velha do Mundo, a japonesa Koto Okubo, morreu neste sábado num lar aos 115 anos, informaram responsáveis.

Nascida a 24 de dezembro de 1897, Okubo era a mulher mais velha do mundo apenas desde o mês passado, quando morreu a norte-americana Dina Manfredini também aos 115 anos.

A morte de Okubo em Kawasaki, no leste do Japão, foi confirmada pela administração da cidade, informou a agência noticiosa Kyodo.

O Governo municipal de Kawasaki não revelou a causa da morte.

A pessoa mais velha do mundo é agora o japonês Jiroemon Kimura, de 115 anos, que vive na prefeitura de Kyoto (centro).

cm