Maria Fernanda Antunes, 84 anos, aquecia leite no fogão da cozinha de sua casa, no Cacém, Sintra, pelas 10h15 de ontem. A chama por onde saía o gás apagou-se, sem que a idosa se apercebesse – e a simples abertura da porta do frigorífico provocou uma forte explosão. A vítima ficou ferida e está internada.

Vítor Antunes, filho de Maria Fernanda, não estava em casa com a mãe, que reside num sexto andar da rua Pêro Escobar, mas ouviu a seguir a descrição do vizinho sobre o que se passou. "Ela deve ter-se cortado nos vidros que com a explosão inundaram o chão da cozinha, mas ainda teve forças para abrir a porta de casa e pedir socorro", explicou ao CM.

Dezoito bombeiros da corporação do Cacém, auxiliados por quatro viaturas, tomaram conta da ocorrência. Maria Fernanda Antunes foi transportada ao Hospital Amadora-Sintra e está livre de perigo.

cm