As 30 famílias afetadas, no concelho de Lagoa, pelo tornado registado no Algarve no final de dezembro ainda estão à espera que o Estado entregue os apoios prometidos.

Segundo a TSF, apesar dos processos para aceder aos apoios terem sido validados pela autarquia no final de dezembro e enviados à Segurança Social, as 30 famílias afetadas ainda não receberam ajuda monetária.

Rui Correia, vice-presidente da câmara de Lagoa, admite que ninguém no concelho recebeu qualquer verba. Sem falar em atrasos, o autarca refere que os prazos habituais que se praticam nestes casos estão a ser cumpridos.

No entanto, a câmara de Lagoa diz que quem visitar o concelho não nota que a zona foi afetada por um tornado há três meses.

cm