Bagão Félix, uma voz respeitada numa parte da maioria, não tem dúvidas: “Estão a minar-se elementos fundamentais das regras de uma sociedade com coesão geracional”

Para António Bagão Félix, "isso era claro". "Isso" é a revisão da recessão económica para 2% este ano. Em entrevista ao Etv, o ex-ministro das Finanças considera que não é suficiente rever previsões, "é preciso tirar ilações".

Disse, numa entrevista, que Portugal continua a apostar no que é urgente, em detrimento do que é importante. Tendo em conta as nossas limitações por termos assinado o acordo com a troika, como é que podemos equilibrar o que é urgente e o que é importante?
O problema é que, normalmente, o urgente raramente é importante. É urgente hoje jantarmos não é? Ou dormirmos esta noite. O problema destes programas, tipo mata cavalos é que...

de