O Governo admite apresentar Orçamento Rectificativo para aplicar os cortes na despesa, de 800 milhões de euros.

O secretário de Estado das Finanças admitiu hoje que o Governo tenha de apresentar um Orçamento Rectificativo para aplicar os cortes na despesa, de 800 milhões de euros, que servirão para controlar a execução deste ano.

Para controlar a execução de 2013, o ministro das Finanças já tinha admitido a necessidade de avançar com medidas contingentes no valor de 0,5% do PIB. Hoje, o secretário de Estado afirmou que "tais poupanças terão naturalmente de ser vertidas num Orçamento Rectificativo".

Manuel Rodrigues reagia assim aos números da Comissão Europeia que dão conta de uma derrapagem do défice em 2013 e 2014.

de