Um estudante americano da Universidade de Illinois, em Chicago, criou um fato que permite a quem o usar sentir qualquer objeto que se aproxime, dando uma sensação muito semelhante à que o homem-aranha experiencia.

Este fato está a ser desenvolvido como projeto de doutoramento pelo estudante Victor Mateevitsi, que o chamou de "SpiderSense", por este dar ao sujeito a habilidade de sentir objetos que se aproximam e até de que direção vêm e quão perigosos podem ser.

O fato "SpiderSense" é composto por vários sensores que cobrem o sujeito num ângulo de 360 graus e que funcionam como uma espécie de sonar, enviando ondas ultrassónicas para o seu redor, que identificam os objetos à sua volta e alertam o indivíduo, exercendo pressão no corpo.

Os estímulos funcionam de formas diferentes, permitindo assim ao sujeito perceber a direção de que o objeto vem, a proximidade e também o seu tamanho. Por exemplo, quanto mais perto estiver o corpo estranho, mais pressão é exercida.

Victor, com a ajuda dos colegas Brad Haggadone e Brian Kunzer, realizou vários testes para examinar a eficácia do fato.

Os sujeitos, que participaram nos testes e vestiram o fato, estavam vendados e tinham de identificar qualquer objeto que se aproximasse, atirando uma estrela ninja de cartão para a direção do corpo estranho.

jn