As autoridades policiais estão a investigar o caso de um casal encontrado morto, esta quarta-feira, numa habitação da aldeia de Freixeda do Torrão, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

Segundo fonte da GNR, o alerta para o sucedido foi hoje dado por um familiar das vítimas e o caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária da Guarda.

"Pelas 14 horas, um irmão contactou a GNR [de Figueira de Castelo Rodrigo] dizendo que não conseguia contactar com o casal por telemóvel. A GNR foi ao local, acompanhada pelos bombeiros, e entrou na habitação, tendo encontrado a senhora, com 69 anos, prostrada no chão, com ferimentos de disparo de uma arma de fogo, que estava junto do corpo", explicou a fonte à agência Lusa.

Posteriormente, os militares encontraram o marido, de 65 anos, já morto, na garagem da residência, alegadamente por enforcamento, indicou.

Um morador em Freixeda do Torrão referiu que o casal estava emigrado em França e "tinha regressado há cerca de um ano" a Portugal.

Referiu ainda que as vítimas não eram vistas "há já dois dias".

jn