A Coreia do Norte ameaçou, esta quinta-feira, atacar as bases norte-americanas no Japão e na ilha do Pacífico Guam, se for provocado.

Esta posição surge em resposta aos voos de treino dos bombardeiros dos Estados Unidos B-52 sobre a Coreia do Sul no contexto de manobras militares conjuntas.

"Os Estados Unidos não devem esquecer que a base Anderson em Guam, de onde descolam os B-52, bem como as bases navais na ilha principal do Japão e em Okinawa, estão todas ao alcance" dos nossos ataques, avisou o comandante supremo do Exército norte-coreano, em comunicado divulgado pela agência oficial KCNA.

cm