Isadora Faber criou página no Facebook para denunciar problemas na escola. Já tem mais de 500 mil seguidores.

Tem apenas 13 anos e um ar doce. Mas por detrás do rosto de menina, está uma das 25 pessoas do Brasil que devem ser seguidas de perto. Esta foi a distinção atribuída pelo jornal ‘Financial Times' a Isadora Faber, autora da página no Facebook ‘Diário de Classe'.

Isadora Faber, aluna do oitavo ano da Escola Básica Maria Tomázia Coelho, em Florianópolis, já tem mais de meio milhão de seguidores, na página que criou para denunciar problemas escolares. E nem tudo são críticas: na última semana, por exemplo, a adolescente regressou às aulas, após as férias de Verão, e deu conta de uma série de melhorias na escola.

Na edição de 22 de fevereiro, o ‘Financial Times' destacou a adolescente e colocou-a ao lado de nomes como o da modelo Gisele Bündchen, do jogador Neymar e até do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa. "No seu ‘Diário de Classe', Isadora destaca as dificuldades encontradas no sistema de educação pública brasileiro, apresentando móveis partidos, casas de banho sem portas e falta de transparência na prestação das contas da escola", escreveu o jornal, concluindo que além do meio milhão de seguidores, Isadora até já conseguiu um encontro com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Apesar de tudo, a distinção não é unânime. Apoiada por diversas entidades e personalidades, Isadora também já foi alvo de críticas e ameaças, até de morte.

cm