Um francês de 60 anos entrou esta sexta-feira num avião no Aeroporto Internacional de Filadéfia, fazendo-se passar por piloto.

O homem chegou a ocupar um dos lugares da tripulação no cockpit, mas acabou detido, depois de apresentar documentos falsos.

Philippe Jeannard, tal como foi identificado pela polícia, entrou num 'Boeing 747' da US Airways, que se preparava para voar entre Filadélfia e a Florida, com roupa muito semelhante à usada pelos pilotos daquela companhia: uma camisa branca com símbolo da Air France, e casaco preto com insíngnias nos ombros.

Após entrar no avião dirigiu-se ao cockpit, onde se terá sentado um lugar atrás do lugar do piloto, tendo sido depois confrontado por um co-piloto que lhe terá pedido identificação, a qual Philippe Jeanard não apresentou.

A tripulação chamou a polícia que deteve o homem de 60 anos, e encontrou em sua posse um documento que o indentificava como membro da tripulação da Air France.

O homem foi assim acusado de posse de documento falso, usurpação de identidade, mas as razões que o levaram a fazer-se passar por piloto não são ainda conhecidas.

cm