Um septuagenário foi encontrado morto, esta terça-feira, na habitação onde residia, em Moreira de Cónegos, Guimarães, ao que tudo indica vítima de um assalto. A mulher do idoso foi encontrada escondida e uma empregada doméstica amarrada a uma cadeira.

O assalto terá ocorrido durante a madrugada desta terça-feira e a descoberta foi feita, esta terça-feira de manhã, por uma funcionária do Centro Social da Guardizela que se deslocou à habitação das vítimas para entregar o almoço.

No local, a funcionária deparou-se com o septuagenário morto no chão, com a esposa do idoso, que tem dificuldades de locomoção, escondida, e uma empregada doméstica, que costuma pernoitar com o casal, amarrada a uma cadeira.

A mulher da vítima está já em casa de familiares, enquanto a empregada doméstica foi transportada para o Hospital de Guimarães.

As investigações estão a cargo da Polícia Judiciária.

jn