A Porsche renovou a berlina desportiva Panamera. A nova gama será apresentada no Salão de Shangai, na China, certame que abrirá portas, no próximo, dia 19 de abril.

Em Portugal, os novos Panamera chegarão em julho: Panamera Diesel - 106.171 €; Panamera - 107.553 €; Panamera 4 - 114.199 €; Panamera S - 124.741 €; 4S - 130.982 €; 4S Executive inicia-se nos 157.657 €; S E-Hybrid - 119.883 €; GTS - 163.242 €; Panamera Turbo - 186.694 €; e Turbo Executive - 205.181 €.

As novidades são várias, mas o principal destaque vai para a versão Panamera S E-Hybrid, tratando-se do primeiro automóvel de luxo com sistema plug-in (baterias recarregáveis em qualquer tomada). O novo veículo híbrido da Porsche pode ser carregado numa tomada doméstica convencional em menos de quatro horas. O motor elétrico é mais potente, produzindo 95 cv (47 cv na versão anterior), a extração de energia é feita através de baterias de iões de lítio com capacidade enegética de 9.4 kWh (anteriores de metal níquel de 1.7 kWh). Estes números traduzem-se num consumo médio de 3,1 l/100 km (antes 7,1 l), em funcionamento totalmente elétrico tem autonomia para 36 km e velocidade máxima de 135 km/h. Este híbrido acelera até aos 100 km/h em 5,5 s, debitando 416 cv, atingindo velocidade máxima de 270 km/h. O S E-Hybrid, juntamente com o Panamera Diesel serão equipados com caixa automática de oito velocidades, Tiptronic S.

Estará disponível novo motor, para Panamera S e 4S, baseado no conceito downsizing, substituindo o anterior V8 de 4,8 l, surgirá V6 3.0 biturbo, com mais potência (+20 cv) e maior binário (+20 Nm), acoplado a caixa PDK de sete velocidades. Os novos Panamera Turbo Executive e 4S Executive são 15 mm mais compridos e apresentam dianteira e traseira redesenhada e novos faróis de LED.







a bola